Duro de Matar – Um Bom Dia para Morrer (2012)

Duro-de-Matar-5-poster-EWUm bom dia para morrer ou um péssimo filme para assistir?

Ainda estou na dúvida sobre qual avaliação fazer sobre o mais recente filme estrelado por Bruce Willis e Jai Courtney.

Pra começar: uma trama sobre corrupção russa pode ser algo bem mais atraente quando não um clichê qualquer sobre Chernobyl. Já assisti filmes bem mais interessantes (muito mesmo) sobre política suja na Rússia, que sequer seguiram a linha de raciocínio obvia da tragédia na usina radioativa.

Histórias como, por exemplo, as da trilogia Millenium é a maior prova de que dá pra se fazer um roteiro genial sem usar nenhum efeito ultra especial (como é o caso do Duro de Matar) para ‘maquiar’ a falta de criatividade no roteiro.

Se o foco do diretor, John Moore era fazer um filme de ação que destacasse a importante parceria entre pai e filho, sinto dizer, mas ele não foi feliz. Se há um longa que conseguiu esse sincronismo perfeito, este é o Busca Implacável I e II (2008 & 2012). Fico impressionada só de lembrar o quão inteligente esse filme é.

Sem contar no humor mega sem graça de John McClane (ou seria do próprio Bruce?). Cá entre nós… ele não é nem um pouco engraçado.

Ainda quer um bom motivo pra assistir duro de matar? Veja o trailer e tente encontrar um! 🙂

Sinopse

Nova York, Estados Unidos. O policial John McClane (Bruce Willis) está em busca de informações sobre o filho, Jack (Jai Courtney), com quem não fala há alguns anos. Com a ajuda de um amigo, ele descobre que Jack está preso na Rússia, acusado de ter cometido um assassinato. John logo parte para o país na intenção de rever o filho e, pouco após chegar, acaba encontrando-o em plena fuga do tribunal onde seria julgado. Jack está com Yuri Komorov (Sebastian Koch), um terrorista que diz ter em mãos um dossiê que pode incriminar um potencial candidato à presidência russa, Chagarin (Sergey Kolesnikov). Ele não gosta nem um pouco de reencontrar o pai, mas a insistência de John em ajudá-lo acaba, aos poucos, quebrando o gelo entre pai e filho.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s